É Bom Saber

Cinco dicas que podem ajudar na prevenção do câncer

By agosto 28, 2020 No Comments

O câncer está entre umas das doenças que mais avançam em número de casos no mundo, e isso está relacionado a diversos agentes, hereditários ou relativos aos hábitos de cada indivíduo. O que se conhece por câncer, na verdade, é um conjunto de doenças com uma característica comum entre elas: células defeituosas produzidas pelo próprio corpo que conseguem perseverar em órgãos saudáveis.

Para compreender como mudar os hábitos pode contribuir para a prevenção do câncer, antes é preciso entender como funcionam os processos que levam à doença. 

Uma vez que a primeira célula defeituosa surge, ela começa sua divisão copiando o seu código genético “corrompido”; esse crescimento desordenado começa a invadir tecidos e órgãos, prejudicando o seu funcionamento. Por padrão, essas células são descartadas pelo corpo assim que são geradas; quando esse sistema falha, elas se tornam cânceres.

Sabendo disso, podemos assumir alguns hábitos que permitem estimular o surgimento dessas células e outros, no entanto, que podem contribuir para que o sistema imunológico elimine essas células defeituosas naturalmente. Confira abaixo 5 dicas recomendadas pela medicina que podem ajudar a prevenir o câncer:

1- Não fumar

O tabagismo é um dos principais fatores modernos que estão associados aos casos de câncer, em especial os que atingem os sistema respiratório – estudos também apontam relação entre o consumo de cigarros e os cânceres no sistema digestivo. Eliminar o cigarro em todas as suas esferas de consumo, seja no uso pessoal, seja na convivência com fumantes, é um passo importante para prevenir o surgimento de alguns tipos de câncer.

2- Evite alimentos ultraprocessados

Se alimentar bem é um desafio na rotina das grandes cidades, o que acaba fazendo com que as pessoas optem por consumir os alimentos prontos, industrializados e ultraprocessados. Ocorre que muitas substâncias utilizadas na indústria alimentícia são potencialmente cancerígenos. Consumir alimentos in natura, feitos de forma doméstica, pode ser um passo importante na prevenção ao câncer. Além disso, uma alimentação caseira pode ser aliada na prevenção de outras doenças, como obesidade e fatores associados. 

3- Pratique atividades físicas

A prática de atividades físicas regulares está associada a diversos benefícios para o corpo, como o controle das atividades cardíacas, neurológicas, além de ser fundamental para combater a obesidade, fator de risco para câncer. A obesidade é um quadro que torna os indivíduos propensos aos processos inflamatórios, o que desregula o controle celular. Embora não seja determinante, a obesidade está, de acordo com a OMS, relacionada a casos de câncer de mama, de endométrio, de rim, de fígado, de próstata, de bexiga, de esôfago e de câncer colorretal.

4-Evite a exposição excessiva ao sol

O sol faz parte da rotina dos brasileiros, já que vivemos em um país tropical, com dias longos de sol. Embora seja saudável tomar um pouco de sol logo pela manhã – e esse seja um hábito que pode melhorar o funcionamento do organismo como um todo -, a exposição prolongada sem proteção ao sol pode promover ações que desencadeiam o câncer de pele, comum em países da zona tropical. Por isso, evitar o sol entre 10h e 16h, além de usar o protetor solar mesmo em dias nublados, são hábitos fundamentais na prevenção do câncer.

5- Exames periódicos

Este é talvez o hábito mais importante, porque permite a detecção precoce da presença de tumores. Há uma faixa etária de risco que deve realizar acompanhamento médico anualmente, mas é fundamental que pessoas de todas as idades façam exames preventivos com frequência (os famosos check-ups). Em mulheres, os exames mais recomendados são o de mamas e o preventivo – também conhecido por papanicolau. Em homens, o exame de toque para a avaliar a próstata é indispensável no diagnóstico precoce do câncer.

 

 

Fontes: INCA (Instituto Nacional do Câncer), Ministério da Saúde e OMS (Organização Mundial da Saúde)