É Bom Saber

5 dicas para prevenir o novo coronavírus

By março 18, 2020 No Comments

Com a nova pandemia anunciada pela Organização Mundial da Saúde e com o aumento expressivo do número de casos confirmados no Brasil, a informação pode ser a sua maior aliada na prevenção da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus originário da Ásia e que já se espalhou por todos os continentes.

Confira abaixo 5 perguntas e respostas que vão te ajudar a prevenir a contaminação e evitar o colapso do sistema hospitalar.

 

1- O coronavírus é realmente perigoso?

O novo coronavírus é o causador da doença COVID-19, que em geral não evolui com complicações na maior parte das pessoas, mas pode ser fatal em pessoas do grupo de risco. Como é uma doença nova, ainda não há remédios capazes de tratá-la de forma eficaz, sendo necessário o controle dos sintomas até que o corpo responda espontaneamente; como idosos e imunodeprimidos têm dificuldades para combater doenças infecciosas, é fundamental prevenir a contaminação dessas indivíduos.

 

2- Como ele age no organismo?

Essa “classe” de vírus penetram no corpo pelas vias aéreas e olhos, se alojando especialmente nos pulmões, onde causa forte processo inflamatório.

 

3- Como ocorre a transmissão?

A transmissão do novo coronavírus ocorre de forma bastante facilitada, o que explica a forte expansão do vírus em todo o mundo. A transmissão pode ocorrer quando um paciente contaminado tosse ou espirra, por exemplo, liberando partículas de saliva contaminada no ar. O vírus é extremamente resistente e pode permanecer por várias horas em suspensão, contaminando objetos e ambientes.É importante lembrar que o vírus possui um período em que não apresenta sintomas, sendo mais facilmente transmitido nesta fase, por isso é fundamental que todos adotem as medidas de prevenção.

 

4- Como prevenir o novo coronavírus?

A prevenção exige disciplina e dedicação, mas são fáceis de inserir na rotina. É fundamental manter as mãos sempre higienizadas, lavando-as com sabão por aproximadamente 20 segundos sempre que possível; quando não for possível lavar as mãos com água corrente e sabão, o uso de álcool gel 70% pode ser uma alternativa. Evitar ambientes fechados e aglomerações também é importante, mantendo sempre distância mínima de 1,5m de outro indivíduo. Por último, mantenha o seu celular higienizado conforme orientação da fabricante e não toque olhos, boca ou nariz com as mãos ou objetos.O uso de máscaras deve ser feito somente por pessoas que apresentam sintomas e profissionais da saúde, para evitar a transmissão.

 

5- Quais são os sintomas que acendem o sinal de alerta?

Os sintomas são bem próximos aos da gripe comum, Febre, fadiga, tosse seca, dificuldade para respirar, coriza, diarreia e dor no corpo são sinais de alerta para procurar assistência médica. Prefira contato por telefone com o seu médico e fique em casa; se não for possível receber o atendimento domiciliar, vá de máscara até uma unidade de saúde para o acompanhamento.

 

Mais dúvidas sobre o novo coronavírus? Entre em contato conosco pelos canais eletrônicos.